Como Conseguir Nitidez e Bokeh na Fotografia (na mesma foto)

Sabemos que nitidez e aquele lindo fundo borrado vão em direção opostas. Enquanto que para borrar precisamos abrir a lente, para ter nitidez, precisamos fechar. Então como conseguir os dois em uma mesma imagem? É o que você vai ver aqui nesse passo-a-passo simples.


Para ter Bokeh

1) Profundidade

Profundidade é a distância do fundo em relação ao modelo. Quanto mais distante é o fundo, mais borrado irá ficar e melhor o teu bokeh.


2) Abertura

Aprendemos que aberturas grandes dão um bokeh melhor e isso não é errado. O problema é que o teu modelo tende a ficar desfocado ou com pouca nitidez. E para evitar esse desfoque, precisamos fechar mais a lente, só que daí, o bokeh pode sair prejudicado em teoria. Até poucos meses atrás eu só usava abertura 1.4 quando eu entendi que 2.0 é o ideal para eu conseguir nitidez e bokeh na mesma imagem. Eu vou te explicar o porquê:

Primeiro, 2.0 é uma abertura ótima para nitidez + bokeh, então você não precisa abrir mais do que isso. Quando você fotografa em condições de pouca luz, como eu, abrir demais a sua lente vai te permitir ter uma foto mais clara, mas irá prejudicar o teu foco. Então se quiser usar aberturas maiores que 2.0, se certifique de que tem luz suficiente. Por exemplo, você está fotografando às 14h e não no pôr-do-sol.


3) Modelo da lente

Lentes longas (acima de 85mm) conferem maior bokeh do que lentes curtas. Hoje isso me é óbvio mas demorou muito tempo até cair a minha ficha. Por anos eu achava que precisaria de uma abertura grande e por isso comprei a versátil 50mm 1.4. Observava que quando eu fazia fotos de retrato, me aproximando mais do assunto, o fundo ficava mais desfocado e assim eu "descobri" que lentes longas desfocam melhor. Hoje eu uso uma 135mm, que combinando com a escolha de um local com ótima profundidade e usando uma abertura 2.0, eu tenho um bokeh perfeito.

Caso você não tenha uma lente longa, eu recomendo que você fotografe em locais com profundidade e se isso não for suficiente, faça fotos de retrato, se aproximando do seu assunto. Pode ter certeza de que o teu bokeh será incrível!


Para ter nitidez

4) Velocidade

A gente costuma esquecer essa parte, focando sempre na abertura, mas velocidade é fundamental para não deixar o teu assunto borrado. A tabela abaixo exemplifica a velocidade ideal de acordo com a lente. Para ter uma margem segura, multiplique por 3. Ex. 135(mm) x 3 me dá uma velocidade de 1/405s.

Ah, essa tabela é para objetos parados! Caso queira fotografar animais correndo, eu recomendaria 1/1000s para começar.

5) Configurações certas da câmera

Existem várias configurações que devem ser observadas na sua câmera. Não tem como eu entrar em detalhes, teria que fazer um post só sobre isso. Mas recomendo que você observe na sua câmera as seguintes configurações:

Você está fotografando em One Shot/ AI Servo/AI Focus (Canon) ou AF-S/AF-A/AF-C(Nikon)? Lembrando que essas configurações determinam se está fotografando objetos parados ou em movimento.


Qual a metragem que está usando? Hoje eu só uso a opção "evaluative", pois pega uma área maior de foco enquanto a pontual, que eu usava antes, por ser mais preciso, acabava errando e deixando meu assunto meio desfocado. Vale lembrar que eu fotografo principalmente crianças e animais, que se mexem o tempo todo!

Pontos focais. Quanto mais próximo do ponto central, melhor teu foco, pois é nessa área que a lente recebe mais luz e consegue focar melhor. E isso é mais perceptível em condições de pouca luz. A lente fica buscando o foco quando você escolhe um ponto distante do centro.

Eu nem sempre sigo essa regra, mas a minha câmera tem mais de 50 pontos focais. O risco de eu errar o foco escolhendo um ponto focal distante do centro é menor. Se a tua câmera é mais simples e não permite tanta flexibilidade, procure usar o ponto central, recompondo a imagem. Ou seja, mire o foco no centro e segurando levemente o botão de disparo, movimente a câmera para recompor como deseja para então disparar a foto. O problema é que quanto mais você movimentar a sua câmera, pior o foco, então procure movimentar pouco. Se não for possível, terá que fazer mais de uma foto e juntá-las na edição.



6) Luz

A luz é fundamental para nitidez. O meu problema é que sempre fotografei em condições de pouca luz, perto do pôr-do-sol. Então entendi que se quiser um foco mega perfeito, terei que fotografar em outros horários. Algumas pessoas ficam preocupadas quando dão muito zoom na foto e ela perde o foco. Acontece que quanto mais zoom, mais isso irá acontecer. Hoje para mim, o que é importante é a foto ter foco no tamanho normal. E se eu for fazer retratos, onde nitidez é fundamental, eu faço em horários com mais luz, porém na sombra, pois luz forte diretamente no assunto não é interessante.


Espero que tenha ficado claro para você que para ter bokeh não basta se preocupar com abertura. Sugiro que você planeje seu ensaio para evitar contratempos. Saiba quantas pessoas irá fotografar, em qual horário e onde. Com base nisso saberá a abertura ideal, se terá profundidade e luz suficientes.


Espero ter ajudado. Se tiver sugestões, fique à vontade para comentar ou me mandar um email: mykafotografia@gmail.com

Até a próxima!


#nitidez #foco #bokeh #profundidade #desfoque #fotografia #aberturadalente #canon #nikon